segunda-feira, 17 de setembro de 2018

Totalização PARALELA 2018

Baixe o aplicativo:

https://play.google.com/store/apps/details?id=com.marcocarvalho.Totalizador_2018


segunda-feira, 3 de setembro de 2018

A Benevolência do Estado...

É lamentável o incêndio que está sendo noticiado hoje. Mais lamentável ainda é saber que dinheiro há, só não foi aplicado corretamente. É o Estado brasileiro provando por A+B, dia após dia que não sabe administrar absolutamente nada.


Nessa mesma linha, lembre-se de um dito benefício do trabalhador;
O Governo lhe tira uma parte do que é seu, e ele mesmo guarda, rouba, faz uso, e te devolve desvalorizado... Belo Benefício, não acha?

quarta-feira, 29 de agosto de 2018

Votando em Santa Catarina;

   SANTA CATARINA    

Voto 1 DEPUTADO FEDERAL   4 números
                   NOVO:
                   3065 EDUARDO NOBUYUKI USUY;

Voto 2 DEPUTADO ESTADUAL   5 números
                  ANDRÈ LUCIANO MACHADO PSL-17077

Voto 3 SENADOR 1   3 números

                    Lucas Esmeraldino PSL-177


Voto 4 SENADOR 2

                    Roberto Salum (PMN) - 331


Voto 5 GOVERNADOR     2 númros
               Comandante Moisés! PSL-17

Voto 6 PRESIDENTE          2 números
               Bolsonaro PSL-17


= = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = =
Simulador do TSE:

http://www.tse.jus.br/eleicoes/eleicoes-2018/simulador-de-votacao-na-urna-eletronica
= = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = =

terça-feira, 14 de agosto de 2018

O Sistema Eleitoral Brasileiro;

O Sistema Eleitoral brasileiro foi montado por quem? Quem foi que decidiu que as coisas devem ser como são?

Respondidas essas duas perguntas, fica fácil entender como nossos políticos conseguem se perpetuar tão facilmente em cargos eletivos.

Portanto, é PRECISO corrigir rapidamente esse sistema Eleitoral.

Situação típica no Brasil, e que eu considero lastimável:

- Vereador abandonar um mandato para se candidatar a Deputado Estadual.

As eleições no Brasil são realizadas em anos pares, a exemplo da eleição de presidente, governadores, deputados e senadores em 2014 e da eleição de prefeitos e vereadores em 2016. Os mandatos de vereadores, prefeitos, deputados estaduais, federais, governadores e do presidente da República duram quatro anos; o dos senadores duram oito anos.

2012 - PREFEITOS E VEREADORES 
2014- PRESIDENTE, DEPUTADOS E SENADORES.
2016 - PREFEITOS E VEREADORES 
2018 - PRESIDENTE, DEPUTADOS E SENADORES.
2020 - PREFEITOS E VEREADORES 

Você consegue entender a minha tristeza ao ver nas eleições de 2018, um prefeito ou vereador, que foi escolhido pelo voto do povo, abandonando o seu compromisso para disputar outra eleição em uma "esfera superior"?  Eu acho que ao ser eleito, a pessoa está assumindo um compromisso, que DEVE SER CUMPRIDO integralmente, e deveria ser sob pena de perda de direitos políticos.

Como confiar em alguém que assumiu um compromisso de 4 anos e na metade do mandato abandona o cargo para tentar ocupar uma cadeira em outra esfera?

1- Ocupante de cargo eletivo, deveria ser proibido de participar de eleições.
2- Só pode participar quem não esteve em nenhum cargo eletivo em toda a sua vida, ou cumpriu integralmente todo o mandato que tenha conquistado anteriormente.

Pergunto: Você contrata um pedreiro para construir uma casa para vocês, ele atrasa, e não entrega. Você vai contratar esse mesmo pedreiro de novo?

Abraço!

sexta-feira, 10 de agosto de 2018

Calendário Eleitoral Agosto de 2018;

Vamos começar a acompanhar, pesquisar as coisas e divulgar... pq as coisas não são tão transparentes como deviam, então vamos tentar destrinchar algumas coisas.

Calendário de AGOSTO!!!!

Fonte: http://www.tse.jus.br/eleicoes/calendario-eleitoral

Retirei do texto apenas coisas que considerei mais relevantes que tenhamos NOTA, pois passam, algumas delas, muito além do aceitável... Tem coisas que só no Brasil mesmo.

5 DE AGOSTO – DOMINGO

  1. Último dia para a realização de convenções destinadas a deliberar sobre coligações e a escolher candidatos a presidente e vice-presidente da República, governador e vice-governador, senador e suplente, deputado federal, deputado estadual ou distrital (Lei nº 9.504/1997, art. 8º, caput).

6 DE AGOSTO – SEGUNDA-FEIRA

  1. Data a partir da qual é vedado às emissoras de rádio e de televisão, em programação normal e em noticiário (Lei nº 9.504/1997, art. 45, incisos I, III a VI):
    1.3. Dar tratamento privilegiado a candidato, partido ou coligação.

8 DE AGOSTO – QUARTA-FEIRA

(60 dias antes)
  1. Data a partir da qual é assegurada a prioridade postal aos partidos políticos para a remessa da propaganda de seus candidatos registrados (Código Eleitoral, art. 239).

14 DE AGOSTO – TERÇA-FEIRA

  1. Último dia, até as 24 horas, para a transmissão do pedido de registro pela Internet pelos partidos, via Sistema CANDex.

15 DE AGOSTO – QUARTA-FEIRA

  1. Último dia para os partidos políticos e as coligações apresentarem no Tribunal Superior Eleitoral, até as 19 horas, o requerimento de registro de candidatos a presidente e a vice-presidente da República (Lei nº 9.504/1997, art. 11, caput).
  2. Último dia para os partidos políticos e as coligações apresentarem nos tribunais regionais eleitorais, até as 19 horas, o requerimento de registro de candidatos a governador e vice-governador, senador e suplente, deputado federal e deputado estadual ou distrital (Lei nº 9.504/1997, art. 11, caput).
  3. Último dia para os partidos e as coligações que enviaram os pedidos de registro via Internet, pelo Sistema CANDex, apresentarem, até as 19 horas, os documentos relativos ao pedido, gravados em mídia, nos respectivos tribunais eleitorais.

16 DE AGOSTO – QUINTA-FEIRA

  1. Data a partir da qual será permitida a propaganda eleitoral (Lei nº 9.504/1997, art. 36, caput).
  2. Data a partir da qual os candidatos, os partidos ou as coligações podem fazer funcionar, das 8 às 22 horas, alto-falantes ou amplificadores de som, nas suas sedes ou em veículos (Lei nº 9.504/1997, art. 39, § 3º).
  3. Data a partir da qual será permitida a propaganda eleitoral na Internet, vedada a veiculação de qualquer tipo de propaganda paga (Lei nº 9.504/1997, arts. 57-A e 57-C, caput).
  4. Data a partir da qual, até 5 de outubro de 2018, serão permitidas a divulgação paga, na imprensa escrita, e a reprodução, na Internet, do jornal impresso, de até 10 (dez) anúncios de propaganda eleitoral, por veículo, em datas diversas, para cada candidato, no espaço máximo, por edição, de 1/8 (um oitavo) de página de jornal padrão e de 1/4 (um quarto) de página de revista ou tabloide (Lei n° 9.504/1997, art. 43, caput).

18 DE AGOSTO – SÁBADO

(50 dias antes)
  1. Último dia para a Justiça Eleitoral enviar à publicação edital dos pedidos de registro de candidatos apresentados pelos partidos políticos ou coligações (Código Eleitoral, art. 97).

23 DE AGOSTO – QUINTA-FEIRA

(45 dias antes)
  1. Último dia, observado o prazo de 5 (cinco) dias contados da publicação do edital de candidaturas requeridas, para qualquer candidato, partido político, coligação ou o Ministério Público impugnar os pedidos de registro de candidatos apresentados pelos partidos políticos ou coligações (Lei Complementar nº 64/1990, art. 3º).
  2. Último dia, observado o prazo de 5 (cinco) dias contados da publicação do edital de candidaturas requeridas, para qualquer cidadão no gozo de seus direitos políticos dar ao juízo eleitoral notícia de inelegibilidade que recaia em candidato com pedido de registro apresentado por partido político ou coligação.

25 DE AGOSTO – SÁBADO

  1. Último dia, observado o prazo de 48 (quarenta e oito) horas contadas da publicação do edital de candidaturas requeridas individualmente, para qualquer candidato, partido político, coligação ou o Ministério Público impugnar os pedidos de registro individual de candidatos cujos partidos políticos ou coligações não os tenham requerido (Lei Complementar nº 64/1990, art. 3º).
  2. Último dia para qualquer cidadão no gozo de seus direitos políticos dar ao juízo eleitoral notícia de inelegibilidade que recaia em candidato que tenha formulado pedido de registro individual, na hipótese de o partido político ou a coligação não o ter requerido.

31 DE AGOSTO – SEXTA-FEIRA

(37 dias antes)
  1. Início do período da propaganda eleitoral gratuita no rádio e na televisão (Lei nº 9.504/1997, art. 47, caput).